23 novembro 2010

Disponha ponha ponha ponha!

Apresento-vos o verbo dispor:

(latim dispono, -ere, pôr em diferentes lugares)
  v. tr.
  1. Pôr por ordem.
  2. Pôr em ordem.
  3. Ordenar, mandar.
  4. Resolver, preparar.
  5. Plantar.
  v. intr.
  6. Testar; ordenar em testamento.
  7. Ter à sua disposição.
  8. Ser o senhor.
  9. Regular por lei ou ordem.
  10. Prescrever o uso (que se há-de fazer de).
  11. Servir-se, utilizar-se.
  12. Deixar à disposição (de outrem).

Gostamos de dispor quando queremos dispor as fichas por ordem alfabética, dispor os livros na estante por autor, dispor os DVD's por ordem cronológica de realização do filme. Também gostamos de uma casa que dispõe de lareira e cozinha equipada, um carro que dispõe de ar condicionado, etc.

Gostamos de estar bem (embora às vezes fiquemos mal) dispostos, gostamos de estar dispostos a arriscar, gostamos de ter disposição para fazer as coisas que temos de fazer. Gostamos de estar à disposição dos outros, e gostamos de ter alguém à nossa disposição quando precisamos.

Tudo bem até agora? Então pergunto agora se gostamos de dispor. Dispor de quê? Dispor o quê? Dispor. Mas de quê? Não sei, de nada... Simplesmente, dispor.

Tipo, estás ali, numa boa, sentado a fumar um cigarro e a dispor. E chegam ao pé de ti e perguntam, "é pá, estás a dispor?" E tu, "é pá, estou." E eles, "é pá, vê lá, não disponhas muito, e tal" E tu, "ó pá vai-te lixar, eu disponho aquilo que eu quiser! Andor!" e coisas do género.

Faz sentido? Não? Não sei, deixo isso à vossa disposição. O que é certo é que acontece. Basta irem a uma loja de roupa e começarem a vasculhar, que aparece logo uma rapariguinha simpática que diz:

- Se precisar de alguma coisa, é só chamar.

Hã? Espera, não é isso que ela diz. O que ela diz é isto:

- Se precisar de alguma coisa, estou à sua disposição.

Aaa não, também não é bem isso. Isto é que ela diz:

- Se precisar de alguma coisa, disponha.

Pois, era mesmo isto.

Disponho o quê? As roupas por cor? Por tamanho? Disponho as roupas que pretendo em cima da mesa? Disponho os meus pedidos de ajuda ao balcão? Disponho num quadro branco as coisas de que preciso? Disponho o quê? Disponho de quê? De nada... simplesmente, disponho.

A menos que... a menos que o que ela quer dizer seja "Se precisar de alguma coisa, disponha de mim para aquilo que precisar". Mas isto não será abusar um bocado da rapariga? Coitada...

Bem... para alguma coisa meti a definição de dispor lá em cima. Deixa-me cá dispor as várias alternativas, eh eh. Saltamos os v. tr. porque esses não são de certeza (plantar?!). Ora vejamos... número 6: "Se precisar de alguma coisa, ordene-a em testamento". Não... Número 7: "Se precisar de alguma coisa, está à sua disposição". Mas não, não está à disposição, senão não precisava da rapariga... Número 8: "Se precisar de alguma coisa, você é o senhor". Bem, fico lisonjeado, mas lá voltamos à história dos abusos... Número 9: "Se precisar de alguma coisa, ponha-a por ordem". Mas como é que eu ordeno só uma coisa? Número 10: "Se precisar de alguma coisa, usa-a depois". Hã?!!! Número 11: "Se precisar de alguma coisa, sirva-se". Olha, que mal educada, então não vem ajudar-me? Enfim... Número 12: "Se precisar de alguma coisa, deixe-a à minha disposição". Hum, mas é suposto ela estar à minha disposição ou a coisa estar à disposição dela? Eu é que estou a ficar mal disposto...

Bem, para abreviar, depois de muito pensar no assunto acho que percebi. O que ela diz, na verdade, é "Se precisar de alguma coisa, diz "ponha"". Ah, e assim percebe-se! Claro! Faz todo o sentido! Portanto já sabem, se precisarem de ajuda numa loja é só começarem a gritar: PONHA! PONHA! POOOONNHAAA!

1 comentário:

J. disse...

"Encontrei o Zé outra vez no Largo do Sardão a dispor. - É pá, outra vez? Já lhe disse que não dispusesse tanto! - Ó pá, ele não deslarga daquilo, disse que gosta de dispor, que dispôs a vida toda e toda a vida disporá. - Se a Maria não o tivesse deixado ele não disporia tanto... - Cala-te, a Maria era ainda pior, muito dispunha ela! - Ah, o que a Maria dispunha..."